Lebução fica situada em lugar alto e aprazível, na margem esquerda do rio Calvo, entre montanhas onde o tempo guardou riquezas e mistérios. A 25km da sede do concelho, goza de um clima de montanha com invernos frios, verões quentes e de paisagens deslumbrantes.

É uma aldeia tradicionalmente vocacionada para a agricultura (centeio, batata, castanha e vinho) e para o comércio de largas tradições. Em tempos remotos, Lebução, foi o centro das transacções comerciais de uma enorme área circundante, que se efectuavam por troca directa de produtos.

Monumentalmente, a Igreja abraça, do alto das suas torres sineiras, todo o casario disposto em anfiteatro e chama os fiéis à oração. É obra da renascença, de muros altos e bem alinhados, construção de uma só nave. O retábulo do altar-mor, é de apreciável valor artístico, com colunas salomónicas e motivos ornamentais e simbólicos, realçando as arquivoltas que guarnecem a abóbada polícroma da tribuna.O Orago da freguesia é S. Nicolau, mas a principal referência religiosa desta terra é Nossa Senhora dos Remédios, que tem o seu dia no calendário religioso - 8 de Setembro.

Aqui, como em todo o Nordeste de Portugal, usa-se uma linguagem oral, um conjunto de termos e expressões que, pouco a pouco, se vão perdendo com a partida dos mais idosos.

A hospitalidade está presente nas vivências diárias, marcadas por um espírito de partilha e solidariedade. A porta das casas de Lebução está sempre aberta para receber, à boa maneira transmontana, "quem vier por bem".


A ideia deste Blogue, surgiu da necessidade de preservar a identidade desta comunidade, aproximando todos os Lebuçanenses da sua terra natal.

A feira do Folar de Valpaços

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

O Dia de Santa Luzia celebra-se a 13 de Dezembro.



O Dia de Santa Luzia celebra-se a 13 de Dezembro.

Santa Luzia é o nome popular de Santa Lúcia de Siracusa, uma santa mártir e virgem nascida no ano de 283 e falecida a 13 de Dezembro de 304, na Siracusa.

A história de Santa Luzia está repleta de devoção e de sofrimento. Perdendo o pai ainda em criança e tendo a mãe doente, Luzia dedicou a sua vida a Cristo e deu todos os bens da sua família aos necessitados. Um abastado jovem pagão, por ela apaixonado, denunciou a sua fé ao imperador, acabando a santa por sofrer martírios por recusar negar a sua crença.

A santa foi atirada ao fogo, mas saiu dele sem marcas. Um soldado tirou-lhe os olhos e entregou-os num prato à santa, mas milagrosamente nasceram novos olhos no seu rosto, ainda mais belos. Após os vários martírios falhados, a santa foi degolada, a 13 de dezembro de 304.

Santa Luzia é assim a santa da visão, a padroeira dos oftalmologistas e das pessoas com problemas de visão.

Foi uma das santas mais populares da Antiguidade, com 20 templos em Roma. Em Portugal encontra-se o Santuário de Santa Luzia no Monte de Santa Luzia, em Viana do Castelo, onde se encontra uma visão magnífica sobre a cidade, o vale, o mar e o rio Lima.
















































quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Amanhecer



Levanta a cortina dos teus olhos, 
contempla a maravilha 
do amanhecer. 
A vida é uma criança, 
esperta, bonita,inteligente 
passa correndo, 
é preciso ver. 
Acredita, 
enquanto há tempo: 
não existe dor sem alento 
nem tristeza tão longe da alegria. 
Quando a luz de cada dia 
acende a vida, 
iluminando o amanhecer, 
não vaciles, 
toma posse 
da imensa alegria de viver.
I. C.














































terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Mal percebi a chegada do outono



Mal percebi a chegada do outono. Mas eu sentia que estava a embarcar numa nova estação: todas as árvores que (não) plantei, de repente, estavam nuas. E eu caminhava num tapete de folhas e flores. Os caminhos também se estreitaram e tive uma sucessão de perdas, ou melhor, tive uma sucessão de trocas. E assim, como toda pessoa que tem um coração pulsando, fiquei assustada demais com as mudanças. Mas agora já consigo perceber beleza na nudez de cada uma das minhas árvores preferidas. Elas apenas estão a trocar de roupa enquanto eu troco de pele, tamanha cumplicidade.
















































segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

sábado, 8 de dezembro de 2018

No dia 8 de Dezembro celebra-se o dia da Imaculada Conceição



No dia 8 de Dezembro celebra-se o dia da Imaculada Conceição.

Este dia invoca a vida e a virtude de Virgem Maria, mãe de Jesus, concebida sem marca do pecado original. É uma data de grande significado para a Igreja Católica.

Neste dia realiza-se uma festa religiosa que celebra um dogma católico definido como festa universal em 1476 pelo Papa Sisto IV. Pela sua importância, a data é feriado nacional.

Em 25 de Março de 1646, o rei D. João IV organizou uma cerimónia solene, em Vila Viçosa, para agradecer a Nossa Senhora a Restauração da Independência de Portugal em relação a Espanha.

Foi até à igreja de Nossa Senhora da Conceição, declarando-a padroeira e rainha de Portugal. Desde este dia, mais nenhum rei português usou coroa na cabeça, privilégio que estaria disponível apenas para a Imaculada Conceição.
meses depois celebra-se o nascimento de Nossa Senhora em 8 de Setembro.















































sexta-feira, 7 de dezembro de 2018