Lebução fica situada em lugar alto e aprazível, na margem esquerda do rio Calvo, entre montanhas onde o tempo guardou riquezas e mistérios. A 25km da sede do concelho, goza de um clima de montanha com invernos frios, verões quentes e de paisagens deslumbrantes.

É uma aldeia tradicionalmente vocacionada para a agricultura (centeio, batata, castanha e vinho) e para o comércio de largas tradições. Em tempos remotos, Lebução, foi o centro das transacções comerciais de uma enorme área circundante, que se efectuavam por troca directa de produtos.

Monumentalmente, a Igreja abraça, do alto das suas torres sineiras, todo o casario disposto em anfiteatro e chama os fiéis à oração. É obra da renascença, de muros altos e bem alinhados, construção de uma só nave. O retábulo do altar-mor, é de apreciável valor artístico, com colunas salomónicas e motivos ornamentais e simbólicos, realçando as arquivoltas que guarnecem a abóbada polícroma da tribuna.O Orago da freguesia é S. Nicolau, mas a principal referência religiosa desta terra é Nossa Senhora dos Remédios, que tem o seu dia no calendário religioso - 8 de Setembro.

Aqui, como em todo o Nordeste de Portugal, usa-se uma linguagem oral, um conjunto de termos e expressões que, pouco a pouco, se vão perdendo com a partida dos mais idosos.

A hospitalidade está presente nas vivências diárias, marcadas por um espírito de partilha e solidariedade. A porta das casas de Lebução está sempre aberta para receber, à boa maneira transmontana, "quem vier por bem".


A ideia deste Blogue, surgiu da necessidade de preservar a identidade desta comunidade, aproximando todos os Lebuçanenses da sua terra natal.

A feira do Folar de Valpaços

sábado, 20 de julho de 2019

Na serra de Mairos, na hora do Ocaso



Na serra de Mairos, na hora do Ocaso. Deslumbrante!




































quinta-feira, 18 de julho de 2019

No meio está a cancela, bela, simples e original


Dum lado as águas murmurantes do ribeiro, correndo tranquilamente, sem pressas, sem atropelos. Do outro, o caminho das preces, das procissões, das ladaínhas, direccionado para a capela de Santa Marinha, que se ergue altiva e imaculada, no alto da colina. No meio está a cancela, bela, simples e original, porta de entrada para a frescura do lameiro. 
Depois é a vida do campo e todos os sons que imergem da terra: 
os gritos do pastor para juntar o rebanho; 
o ladrar do cão, desesperado, tentando juntar uma ovelha tresmalhada; 
a sinfonia da passarada, atirada ao ar, enquanto saltita de ramo em ramo... as vozes, o trabalho, as cantigas, os chocalhos...
Ao longe, lá no alto, os Outeiros pedregosos, onde o sol nasce, debruçam-se sobre a cancela e sobre o ribeiro, que canta de pedra em pedra, uma melodia de frescura e limpidez.
Este quadro de tranquilidade é quebrado quando se ouve, vindo dos Ferreiros, o toque das Trindades.







































quarta-feira, 17 de julho de 2019

A paisagem avistada da Serra da Santa Comba é a mais abrangente do concelho de Valpaços



A paisagem avistada da Serra da Santa Comba é a mais abrangente do concelho de Valpaços. Com cerca de 1050 metros de altitude, a Serra da Santa Comba tem o seu cume na freguesia de Vales, onde se encontra aquele que para muitos é considerado o mais belo e abrangente miradouro de Trás-os-Montes e um dos melhores do país, o "Miradouro da Santa Comba". Local de romaria em várias épocas do ano, é possível observar vistas magníficas e amplas sobre as serranias transmontanas circundantes, nomeadamente Serra da Padrela, Serra de Bornes, Serra de Montesinho e Serra da Coroa, entre outras, bem como parte dos distritos de Vila Real e Bragança, e sobre a região da Sanábria com as suas imponentes montanhas que ultrapassam os 2100 metros de altitude, já situada em Castela e Leão. 
Num dos pontos mais elevados desta Serra encontra-se o Santuário de Santa Comba, onde se realiza, todos os anos, uma festa religiosa em honra da Santa que dá o nome à Serra. É no dia 8 de Agosto de cada ano, esta peregrinação que assenta na Lenda de Santa Comba dos Vales. (Internet)




































terça-feira, 16 de julho de 2019

Tenho um céu, estrelado, só meu




Hoje, a lua está verdadeiramente apetecível.
Sortuda que eu sou. Tenho um céu, estrelado, só meu. Um lugar de pertença, eterna, que já foi dos meus Pais, e que eu zelo com todo o amor e desvelo. Um luar que entra neste meu lugar, e torna tudo prateado. 
Que mais posso desejar?




































segunda-feira, 15 de julho de 2019

Parabéns, menino dos meus olhos!



Parabéns, menino dos meus olhos! Hoje é o teu dia. Vive-o com a intensidade dos teus dezassete anos. É uma celebração que deve ser tida em conta. Ouviste, Pai Luís?
Quando o Diogo era pequenino dizia_olha o meu Pai preferido!
Só desejo que essa preferência, essa cumplicidade se fortifiquem, ainda mais, ao longo dos anos.
Hoje é o teu dia, meu amor. Que seja mais que perfeito, com muitas coisas boas. Beijinho




































domingo, 14 de julho de 2019

Mais dia menos dia, aí estão as cebolas



A cebola (Allium cepa) é uma hortaliça de grande consumo em todo o mundo. A mesma é originária da Ásia Central, tendo sido cultiva na Índia e na China desde tempos remotos e levada para a Pérsia, onde se propagou por toda a África e Europa. A cebola foi levada para o Brasil pelos colonizadores portugueses. 
A hortaliça possui um formato oval e uma casca de cor alaranjada. Seu interior é constituído por folhas escamiformes dispostas em camadas. Seu sabor forte faz da cebola a hortaliça condimentar mais difundida no mundo. 
A cebola possui quantidades razoáveis de vitaminas C, do complexo B, e sais minerais, como Fósforo, Ferro e Cálcio. Devido ao seu baixo teor protéico e de aminoácidos essenciais, a mesma não pode ser considerada uma boa fonte nutritiva. No entanto, é rica em flavonóides, elemento com propriedades antiinflamatórias e antioxidantes. Alguns benefícios que a cebola pode proporcionar para a saúde: auxilia o organismo na defesa contra infecções, é eficaz contra gripes e resfriados, limpa as vias respiratórias, regulariza enfermidades do estômago, ajuda a dissolver coágulos sanguíneos, etc. 
É aconselhável optar por bulbos firmes, com cascas secas e brilhosas, e que não apresentem ferimentos nem áreas amolecidas ou com mofo. Além de ser grandemente empregada como condimento, a cebola também pode ser utilizada no preparo de sopas, patês, pães, biscoitos, saladas, entre outros exemplos. 
Entre os maiores produtores mundiais da hortaliça podemos citar a China, Índia, Rússia, Turquia, Japão e Paquistão.
Fonte: Mundo Educação